06
fev
09

Editorial: CODIMUC esclarece suposto plágio

Comunicado Oficial da Codimuc

Comunicado Oficial da Codimuc

Recebemos nesta data, comunicado oficial da CODIMUC, contendo esclarecimentos acerca de um “suposto plágio”: a música “Peregrino do Amor”, constante do CD “Codimuc 15 anos”.

Após recebermos a “informação” de uma fonte, apuramos que havia realmente semelhanças, que foram apontadas em um vídeo disponibilizado na matéria publicada em 30.01.2008 (veja aqui).

Recebida a informação, MZN News efetuou uma tentativa de contato no endereço eletrônico fornecido pela fonte (contato@codimuc.com.br), porém, não logramos êxito: o servidor retornou uma mensagem de erro.

Efetuamos nova consulta ao site da CODIMUC e após encontrarmos outro endereço eletrônico, desta vez, conseguimos contatar oficialmente a gravadora, afim de esclarecer os pontos controversos. E nesta data, recebemos a resposta da CODIMUC e aproveitamos o ensejo para esclarecer que:

1. A música “Peregrino do Amor” trata-se realmente de uma adaptação da música “I could never love you enough” para o português feito pelo compositor Dalvimar Gallo e houve um equívoco, que já foi corrigido pela gravadora e editora Codimuc;

2. Agradecemos, publicamente, ao  leitor que nos forneceu a informação e à Codimuc, pelo pronto esclarecimento das dúvidas;

3. Que na matéria publicada (veja aqui) o MZN NEWS NÃO AFIRMOU que se tratava de um plágio, mas sim, limitamo-nos à demonstrar as semelhanças e os fatos, conforme está transcrito no post anterior:

Porém, conforma apuramos, até o momento, não há qualquer menção no encarte nem CD ou do DVD  “Codimuc 20 anos” (que contém a música Peregrino do Amor) com a indicação de que a música trata-se de uma versão. Porém, afirmar que trata-se de plágio, ainda é prematuro.

Ou seja, em momento algum acusamos nem o grupo Anjos de Resgate, nem o compositor Dalvimar Gallo de plágio, até porque temos consciência do peso de uma afirmação desta.

4. Que foi veiculado a matéria como sendo um “suposto” plágio do grupo “Anjos de Resgate”, pelo simples fato de, na época em que foi gravado o fonograma, o referido intérprete ser o principal vocalista do grupo alhures; mas neste momento, retificamos a informação veiculada.

5. O MZN NEWS expressa a gratificação de mais uma vez poder ajudar a esclarecer um FATO CONTROVERSO E DELICADO, tratando o assunto sem sensacionalismo, de forma imparcial e isenta… e acima de tudo, com RESPEITO às pessoas envolvidas.

6. Desta forma, informamos que o vídeo no YouTube será retirado do ar, em respeito à memória do autor Dalvimar Gallo, do grupo Anjos de Resgate e da gravadora CODIMUC. Apenas não apagaremos o post, pois acreditamos que este fato é histórico para a música católica e merece registro.

Abaixo, a transcrição NA ÍNTEGRA dos esclarecimentos da gravadora e editora musical CODIMUC:

Olá, Mazo, boa tarde, alegria e paz!

Primeiramente, obrigado pela oportunidade do esclarecimento.

O que houve em relação à obra citada foi um erro. O registro do fonograma foi feito conforme o que foi apresentado à gravadora. Na época, a Codimuc não foi advertida de que a referida música não se tratava de uma autoria, mas de uma adaptação ou versão.

Assim que foi detectado o problema, a gravadora retirou de catálogo o CD/DVD “Codimuc 15 Anos – Um só Coração” até que o registro da música “Peregrino do Amor” seja corrigido.

Para isso, o nosso departamento de Direitos Autorais vem mantendo contato com a Associação de Defesa dos Direitos Autorais Fonográficos (ADDAF) – órgão que geralmente trabalha com as obras americanas no Brasil – no sentido de regularizar o registro da música como adaptação. Porém, a ADDAF ainda não localizou o representante da obra no Brasil.

A ADDAF, conjuntamente com a Associação de Músicos Autores e Regentes (AMAR) e a CODIMUC, estão despendendo todos os esforços para a identificação dos representantes da obra no Brasil e a conseqüente regularização do registro.

Quanto ao comentário de um dos seus leitores, realmente a música não foi gravada pela banda Anjos de Resgate. Ela foi gravada no DVD comemorativo dos 15 anos da Codimuc pelo cantor Dalvimar Gallo, que na época era o vocalista da banda, mas os demais integrantes do grupo não participaram da gravação dessa canção. É a mesma situação de um CD específico ou comemorativo (como “Um Barzinho, um Violão”, por exemplo) em que um vocalista de uma banda participa interpretando uma das músicas do repertório. Não é a banda quem está ali, a participação é do vocalista, num momento específico, atípico, especial.

A Codimuc é uma empresa que está há 19 anos no mercado e tem dado uma imensa contribuição para o desenvolvimento da música católica no Brasil. Ao longo de todo esse tempo, sempre tratamos dos assuntos ligados a direitos autorais com a seriedade devida, porque sabemos da importância da produção cultural para o desenvolvimento do país e reconhecemos o valor dos autores, compositores, intérpretes, músicos e artistas em geral nesse processo.

Um grande abraço

Alexandre Santos
Assessoria de Imprensa
(12) 3186-2700

Desta forma, acreditamos que o MZN NEWS serviu mais uma vez ao seu propósito: lançar um novo olhar sobre as notícias. Não cremos que erramos na forma de abordar o tema, mesmo diante da delicadeza e complexidade de um fato desta natureza.

De outro lado, agimos como qualquer outro veículo de informação agiria, diante de um “furo de reportagem”, porém, de forma cautelosa e, principalmente, evitou-se qualquer PRÉ-JULGAMENTO dos envolvidos.

Posto isto, fica uma valorosa lição: errar é humano e admitir que se erra, também o é. Porém, ter coragem de esclarecer os fatos e de buscar a verdade, é corajoso e doloroso.

Não foi nada fácil para o MZN News apurar este fato, tendo em vista a profunda admiração e respeito à gravadora, ao grupo e ao compositor envolvidos.

Contudo, nos colocamos diante de um dilema: tinhamos o conhecimento de um fato. Havia rumores e especulações… e era preciso esclarecê-lo!  Diante disto, buscamos a coragem necessária e consideramos que nossa missão foi cumprida e que todo e qualquer boato cessará e a verdade prevaleceu!

Para ver a cópia do email recebido, clique na imagem abaixo:

Comunicado Oficial Codimuc

Comunicado Oficial Codimuc

Anúncios

15 Responses to “Editorial: CODIMUC esclarece suposto plágio”


  1. 1 Daniel
    6 de fevereiro de 2009 às 21:49

    Caí por acaso nesse blog… achei bacana.
    Parabéns pra quem escreveu esse texto por procurar esclarecer a verdade.
    E tambem pela gravadora admitir que houve uma falha.

    Como o texto diz, acho que qualquer um teria feito o que o blog fez diante de um furo jornalistico. Poderia até ter feito de uma forma pior… acho que ele foi coerente.

    Sou católico e admirador do Anjos e do Dalvi… mas, se ninguém tivesse falado, talvez ficasse por isso mesmo. E nada melhor e mais correto e cristão que esclarecer a verdade.

    Não estou defendendo o blog, mas muitas vezes, até mesmo cantores católicos são inacessíveis para obter declarações. Já fui em muitos Halléis e muitas vezes, tentei uma conversa ou algo parecido e não consegui…

    Mas como a própria Codimuc admitiu que houve uma falha, não acho que ele errou em levantar o assunto. Pode não ter sido da forma como a gravadora ou o cantor gostaria, mas não vejo que ele tenha errado…

    É minha opinião!

  2. 2 Daniel
    6 de fevereiro de 2009 às 21:50

    Eu tô comentando aqui, porque eu li a outra matéria onde a pessoa escreveu que ele deveria ter procurado primeiro o Dalvimar, antes de trazer a história em público…

  3. 3 Flabio
    7 de fevereiro de 2009 às 09:00

    Pelo que entendi do comentário da Codimuc “O registro do fonograma foi feito conforme o que foi apresentado à gravadora. Na época, a Codimuc não foi advertida de que a referida música não se tratava de uma autoria, mas de uma adaptação ou versão”, o que houve foi o famoso “SE COLAR, COLOU”????? A música foi feita e gravada e o Dalvimar não disse que era versão???? Se foi, seria um fato grave, tratando-se de um cantor católico. Poderia ferir a imagem da gravadora, que há anos vem construindo uma imagem sólida perante o público católico. Já vi no Youtube insinuações de que essa não teria sido a primeira “versão” feita por aquele cantor e colocada como autoral. Sugiro ao MZN news que investigue esse possível fato. Como a Codimuc já tem ciência dos fatos, provavelmente o Dalvimar também. Seria oportuno que ele também publicasse aqui sua versão. É o mínimo que ele deve ao público, que como eu, compra (ou comprava) CDs dele. Sugiro ao MZN que transmita essa solicitação à CODIMUC.

  4. 4 Flabio
    7 de fevereiro de 2009 às 09:04

    Complementando, Mazinho, não justifique tanto o que vc disse. Até que a CODIMUC regularize a situação da música, É PLÁGIO MESMO.
    Depois que corrigir, vira versão, mas pagando os direitos do autor.
    Dai a César o que é de César, e a Deus, o que é de Deus.

  5. 5 Cris Parron
    8 de fevereiro de 2009 às 22:07

    Mazo, seu blog ganha status de site de notícias de primeira linha. Critica quem pode, sabe, quem conhece o assunto. Você não colocaria abaixo um trabalho tão bom e de utilidade para internautas, criticando por criticar. Muito bom seu ‘furo de reportagem’ e melhor ainda a oportunidade da defesa. Congratulations!!!!!
    Beijos no coração

  6. 6 Thalis
    9 de fevereiro de 2009 às 17:29

    auehhuhaue

    E Mazinho, como vc consegue umas coisas dessas… Cara só vc mesmo pra conseguir descobrir umas coisas assim.. Vc está na profissão errada…huheu
    Mas realmente vc tinha mesmo razão do fato… Muito bom mesmo… É bom mesmo pra galera ficar atenta..
    Kara parabéns pelo blog, tá chick, já vasculhei quase td aki…
    Saudades..
    fika com Deus

  7. 10 de fevereiro de 2009 às 21:42

    Em respeito ao leitor Flábio, postamos aqui, novo pronunciamento da CODIMUC. Em nossa opinião, as palavras da gravadora são sensatas:

    Olá, Mazinho, bom dia! Alegria e paz!

    Não temos mais o que acrescentar em relação a isso. Foi-nos pedido um esclarecimento oficial e já foi dado. Desculpe-nos, mas, com todo respeito ao seu blog e aos leitores, não dá para ficar respondendo a cada insinuação ou especulação que surgir.

    Como dissemos no e-mail anterior, houve um erro. Por causa desse erro, a música foi registrada de maneira equivocada. Assim que o engano foi detectado, o que já faz algum tempo, o produto que contém a música foi retirado de catálogo e iniciamos os procedimentos, junto aos órgãos de defesa de direitos autorais, no sentido de corrigir o erro. Apenas isso.

    Quanto ao pronunciamento do Dalvimar, você tem que ver com ele. A gravadora não pode responder isso pelo artista. Porém ele teria todo o direito de não dizer nada, visto que o esclarecimento já foi dado. Mas isso é ele quem pode decidir.

    Um grande abraço

    Alexandre Santos
    Assessoria de Imprensa
    (12) 3186-2700

  8. 8 Flábio
    11 de fevereiro de 2009 às 08:06

    Fora de catálogo??? Mas está à venda no site da CODIMUC…

    http://www.cdcatolico.com.br/default.asp por R$19,00 e com Peregrino do Amor…

    Eu já tenho um, mas comprei outro (Nº DO PEDIDO 11777), pra ver se há algum comentário destes no encarte … depois eu mando pro Brian McComas de presente.

    Se receber esse CD, que já paguei, retiro meu comentário sobre a seriedade da CODIMUC.

  9. 9 Flábio
    11 de fevereiro de 2009 às 08:23

    CONFIRMAÇÃO DO PEDIDO
    Olá Flábio Ribeiro de Araújo,
    Confirmamos a finalização de seu pedido em nosso site.

    Seu pedido foi registrado com o n°. 11777 , no dia 11/2/2009

    FORMA DE PAGAMENTO: Visa a vista.

    Por favor, confira os dados abaixo e lembre-se de que os mesmos devem estar corretos e completos para que a entrega seja efetuada com sucesso.

    DADOS DO PEDIDO
    Produtos Quantidade Valor unitário
    Liberdade 1 R$14,90
    15 anos CODIMUC Vol. 1 1 R$19,00
    Permanece Fiel 1 R$19,00

    Subtotal R$52,90
    Serviço de entrega R$14,78
    Total do pedido R$67,68

    O prazo de entrega* do pedido é de 2 até 10 dias úteis no endereço indicado abaixo.

  10. 10 Flábio
    11 de fevereiro de 2009 às 13:52

    Comentário na própria página do Dalvimar Gallo:

    http://www.dalvimargallo.com.br/site/blog/?p=18#comment-96

    20 On dezembro 26th, 2008, biblioteca nacional said:
    Ola Dalvimar fico muito feliz que sua saúde esteja lhe permitindo copiar tudo que outras pessoas falaram/escreveram inclusive musicas, agora além do bee gees tambem descobri que “Maria e o Anjo” foi uma vitima fatal do seus plagios. Voce deveria parar de “escrever” musicas porque essa bomba vai estourar e voce vai acabar na cadeia e todos quem em ti acreditam saberão a farça que tu és

  11. 11 Flábio
    11 de fevereiro de 2009 às 14:12

    Pena que a pessoa não se identificou. Colocou apenas “Biblioteca Nacional”…e ainda fala que tem músicas dos Bee Gees copiadas também…

  12. 12 de fevereiro de 2009 às 06:48

    Dalvimar e um farsante. um dia a verdade sobre a vida na mentira vai vir a tona. e todos vao saber que e o pilantra copiador de musicas

  13. 13 mazinhoalmeida
    2 de março de 2009 às 15:18

    Olha só:
    .
    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=184414&tid=5299943936392454460&start=1
    .
    O mesmo cara que no post sobre “Pó pará com o pó” ficou dando “azia” e querendo se mostrar um “pseudo-intelectual”, veio aqui, copiou a matéria e postou na comunidade do Rosa de Saron, na cara dura, como se fosse uma “descoberta dele”.
    .
    Ou seja: esse tal “L fernando”, está fazendo a mesmíssima coisa da qual acusa Dalvimar.
    ASsim é difícil ne?
    .
    Aquela historia de que Jesus disse pra primeiro tirar a trave dos proprios olhos, antes de tirar a que está no do irmão… onde que fica?
    .
    Só no discurso?

  14. 14 mazinhoalmeida
    2 de março de 2009 às 15:32

    Olha só:
    .
    http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs.aspx?cmm=184414&tid=5299943936392454460&start=1
    .
    O mesmo cara que no post sobre “Pó pará com o pó” ficou dando “azia” e querendo “se mostrar” como um “pseudo-intelectual”… foi lá na comunidade Fãs do Rosa de Saron e postou a matéria, sem citar o nosso blog como fonte. Tipo assim: na cara dura, ele postou como se fosse uma “descoberta dele”.
    .
    Ou seja: esse tal “L fernando”, está fazendo a mesmíssima coisa da qual acusa Dalvimar.
    ASsim é difícil ne?
    .
    Aquela historia de que Jesus disse pra primeiro tirar a trave dos proprios olhos, antes de tirar a que está no do irmão… onde que fica?
    .
    Só no discurso?

  15. 15 Bersony de Lima Oliveira
    9 de outubro de 2011 às 17:48

    Senhor, Toma de conta de tudo que esta acontecendo aqui…


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pessoas já leram MZN News:

  • 325,172 hits

SOS Nordeste

Categorias de Matérias

Quer procurar alguma coisa no Blog?

Digite no campo abaixo palavras chaves (tags) para encontrar nas matérias já publicadas

Arquivos

Expediente

Editor e Articulista:
Mazinho Almeida
Colaboradoras:
Fládima Christofari (Campo Grande -MS)
Helen Mariana (Curitiba-PR)
Cartas à Redação:
Para corresponder com nosso blog, além dos comentários, envie e-mail para o endereço mznnews.redacao@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: