26
mar
09

Comportamento: Ex-jogador de futebol preso na Bahia.

mzn-jogador-preso-bahia

E depois dizem que os baianos são devagar, quase parando… mas neste caso, a Polícia Civil da Bahia agiu rápido e conseguiu prender em Teixeira de Freitas (BA), o ex-jogador de futebol Janken Ferraz Evangelista.

Para quem não acompanha os noticíarios, vou explicar: Janken era o principal suspeito do assassinato da jovem Ana Claudia da Silva, 18 anos, ocorrido no último domingo (22 de março).

Imagens do CITV – Circuito Interno de TV do edifício onde residiam Ana Cláudia, ex-mulher de Janken e o filho do casal G.F.M. (omitimos o nome do menor, em consonância ao Estatuto da Criança e do Adolescente… ao contrário do que todos os meios de imprensa fizeram), foi a principal pista da Polícia de São Paulo para esclarecer as circunstâncias do crime.

Nela, Jansen aparece chegando ao prédio, acompanhando sua ex-esposa e seu filho. Trajando camiseta, ele subiu ao apartamento e algum tempo depois, desce pelo elevador, trajando uma outra roupa — uma camisa branca — e com seu filho no colo.

Imprensa x Polícia

Vale dizer: ao contrário do que a imprensa têm dito, não foi a exibição do rosto da criança em Rede Nacional que possibilitou a localização e o paradeiro de Janken. Foi o trabalho de inteligência das Polícias Civis de SP e BA, que trabalharam em conjunto para elucidarem o caso.

A Polícia Paulista e o delegado que conduz as investigações teriam recebido uma denúncia anônima que teria possibilitado a prisão do suspeito. O fato é que o inquérito policial corre em segredo de justiça: e deveria ser assim com TODOS os inquéritos.

A imprensa quando age de forma sensacionalista — e mais uma vez agiu assim, à exemplo de um ano atrás, no caso da menina Isabela Nardoni — mais atrapalha do que ajuda!!! Para quê expor o rosto da criança em rede nacional? Para quê citar o nome do menor em matérias jornalísticas?

Como vai ser, daqui há 10 anos, quando ele estiver navegando na internet e ver suas fotos, quando criança, armazenadas em matérias policiais? Que danos psicológicos tudo isso irá causar? Alguém se perguntou sobre isso? Certamente não… a pressa em dar a notícia é maior!

Bom mesmo foi ver o delegado que conduz as investigações colocar um certo apresentador de noticiário sensacionalista no seu devido lugar. O incauto apresentador, com a verve que lhe é peculiar, comecou a vosciferar no ar que “o delegado tava com pressa porquê?” e que ele (o apresentador) não tinha pressa nenhuma. Mas o delegado estava “com o retorno” (aquele fone no ouvido) ligado e parece ter ouvido tudo… (estou supondo esta parte)

O repórter que estava na delegacia — por sinal, muito mais sensato e equilibrado que o apresentador — ainda tentou “consertar”, mas o paladino da justiça interrompeu-o com a “delicadeza” que lhe é afeta, para fazer uma pergunta ao delegado.

Na verdade, ele (o apresentador) queria saber se a Polícia já sabia quem SERIA o tal jogador do Corinthians que TERIA ligado para a vítima minutos antes do crime ser praticado. O delegado explicou que o inquérito corre em segredo de justiça e que o sigilo telefônico seria pedido para apurar a veracidade desse fato.

O apresentador — mais uma vez — insistiu na tese, dizendo que tinha informações de que o jogador não era o Ronaldo, mas sim um outro jogador do Corinthians. O delegado — ainda paciente — disse que o trabalho da polícia não pode se pautar em “achismos”.

Foi a gota d’água para o apresentador, que se sentiu ofendido, e disparou dizendo que “não achava nada… era uma informação que ele apurou”. O delegado reafirmou que somente a quebra do sigilo telefônico comprovaria se houve ou não tal ligação, ao passo que o apresentador disparou que “assim como a Polícia, ele também trabalha com ‘informações’ e que se a Polícia não tinha essa informação ainda… ele (o apresentador) estava informando, em primeira mão, portanto, que um jogador corinthiano havia confirmado a um dos dirigentes do clube que tinha ligado“.

O delegado — obviamente, já de saco cheio — pediu então para que o apresentador colhesse uma declaração assinada por tal dirigente e juntasse aos autos, arrancou o fone do ouvido e encerrou a entrevista… Pronto. Foram minutos e minutos em rede nacional, tentando justificar o injustificável.

O apresentador pediu para ser exibida uma matéria feita no dia anterior, para mostrar que ele tinha elogiado o trabalho da Polícia e a atuação do Delegado. Chamou o delegado de mal-educado. Exigiu que o Diretor Geral de Polícia ligasse para a Redação para pedir desculpas à ele…

Mas peraí: pedir desculpas do que? O Delegado não ofendeu-o (muito pelo contrário, caso o Delegado quisesse, poderia dar voz de prisão por Desacato em Rede Nacional). O Delegado tinha o DEVER oficial de preservar o sigilo do inquérito, sob pena de atrapalhar as investigações.

O apresentador ficou indignado pelo fato do Delegado ter pedido à equipe da emissora para que eles que fossem suscintos e entrassem no ar rápido, pois haviam outras emissoras que aguardavam para entrevistá-lo.

Perguntar, não ofende: afinal, por acaso as Autoridades Policiais viraram “subervenientes” daquela Emissora, daquele Apresentador e daquele Programa? As outras emissoras não têm o mesmo direito de terem acesso à informação também?

E isso dá ao apresentador o direito de ser ríspido e sarcástico com quem não “faz o que ele quer”? O apresentador disse que a atitude do Delegado “ofendeu os telespectadores”.

Eu, porém, diria: será que quando ele (o apresentador) ORDENOU — veja bem, ele não pediu… ele MANDOU!! — o repórter “apagar as luzes” e deixar imediatamente a delegacia, isto sim, não foi  um desrespeito aos telespectadores daquela emissora, que têm o direito de receberem a informação, independente da birra do Apresentador?

Enfim. Para descontrair diante de tamanha cena bizarra, só fazendo essa montagem acima: será que a Caixa ganhou um merchandising “na faixa” com o suspeito usando o bonézinho com a logo do Banco?

Anúncios

0 Responses to “Comportamento: Ex-jogador de futebol preso na Bahia.”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pessoas já leram MZN News:

  • 325,143 hits

SOS Nordeste

Categorias de Matérias

Quer procurar alguma coisa no Blog?

Digite no campo abaixo palavras chaves (tags) para encontrar nas matérias já publicadas

Arquivos

Expediente

Editor e Articulista:
Mazinho Almeida
Colaboradoras:
Fládima Christofari (Campo Grande -MS)
Helen Mariana (Curitiba-PR)
Cartas à Redação:
Para corresponder com nosso blog, além dos comentários, envie e-mail para o endereço mznnews.redacao@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: