29
mar
09

Esportes: estreiante Brawn conquista dobradinha no GP Austrália

Feito histórico: apenas a "Mercedez" em 1954 havia conseguido faturar a vitória na corrida de estréia

Feito histórico: apenas a "Mercedez" em 1954 havia conseguido faturar a vitória na corrida de estréia

Deu zebra na primeira etapa da Fórmula 1: quer dizer… deu e não deu! A Brawn confirmou a ótima performance que seus carros vinham apresentando na pré-temporada deste ano, nos testes em Jerez de La Frontera. No GP da Austrália, a dobradinha — as 1ª e 2ª colocações — foram conquistadas por Jason Button (GRB) e Rubens Barrichello (BRA), ambos da Brawn.

A Brawn é uma equipe estreiante na Fórmula 1: ela é o espólio da falida Honda, que encerrou as atividades na Fórmula1 em decorrência da crise mundial, tendo sido atingida fortemente, à exemplo de outras grandes montadoras como a GM (General Motors).

O feito conseguido pela BrawnF1 é raríssimo: antes dela, somente a Mercedez Bens conseguiu estreiar com vitória e o 2º lugar no pódio, isto em 1954. A Brawn já tinha também conquistado outra marca histórica: a de fazer “dobradinhas” no grid de largada, na corrida de estréia; somente outras quatro equipes haviam conseguido:

  • 1954, a Mercedez conquistou a pole position com o argentino Juan Manuel Fangio; foi neste GP que ela também conquistou a vitória logo na estréia, ficando o 2º lugar para o piloto Karl King;
  • 1970, a Braban conquistou a pole com Jackie Stwart no GP da África;
  • 1970, foi a vez da Tyrrel largar na frente, tendo o escocês Stwart conquistado a 1ª colocação no grid do GP do Canadá;

O motivo da discórdia na atual temporada

“Difusor de ar traseiro”: este é o nome da peça polêmica que tanta discórdia tem causado nos bastidores da Fórmula1. A Brawn encontrou uma “brecha” no regulamento da atual temporada — e foi seguida por Toyota e Williams — para poder desenvolver essa solução aerodinâmica.

Entenda melhor o que é essa peça na foto abaixo:

O 'x' da Questão

O 'x' da Questão: em destaque, o tão falado e polêmico "Difusor de Ar"

Como as novas regras da atual temporada “espichou” o aerofólio dianteiro — o párachoques, por assim dizer — e “encurtou” o aerofólio dianteiro, as equipes viram-se diante de um dilema: como andar mais rápido, de forma segura?

Foi aí que a Brawn teve a idéia de desenvolver esse tal de “difusor traseiro”, que fica posicionado na parte inferior traseira do carro, “captando” o ar, “direcionando-o para fora e para cima”. Com isso, a traseira do carro fica mais “colada” no chão, compensando o desequilíbrio aerodinâmico causado pela dianteira.

A corrida foi emocionante e valeu a pena ficar acordado até mais tarde — de madrugada — para assisti-la. Barrichello, até onde eu tinha visto, parecia confirmar sua sina de azarado: largou mal (perdeu 5 posições), sofreu avarias no carro (quase envolveu-se no acidente da 1ª curva…), continuou na pista com o bico do carro quebrado, andando bem mais lento que o seu companheiro de equipe, sofreu novo toque, que obrigou-o a adiantar o seu pit stop, e obviamente, demorando mais na parada em função da necessidade de trocar o aerofólio dianteiro.

A parte engraçada foi o comentário do Reginaldo Leme sobre o carro da Brawn: “Isto não é um carro… é um tanque!“, referindo-se à resistência e solidez do bólido de Barrichello que “sobreviveu” à duas batidas seguidas, enquanto os demais carros se desmancharam ao mais leve toque…

Acabei pegando no sono, mas quando eu vi na internet que Barrichello acabou chegando em 2º lugar, fiquei feliz. Não por ele, mas sim, pela Brawn: em tempos de crise, onde gigantes tombaram, uma equipe iniciante, que herdou um projeto ruim (afinal, o carro da Honda não era lá essas coisas) e sem nenhum patrocinador conseguiu não apenas DOMINAR os testes da pré-temporada, como também confirmou o favoritismo nos treinos classificatórios e na corrida.

A temporada deste ano promete fortes emoções! Isto é: se não rolar o famoso “tapetão”. Veja o programa do Cleber Machado no SPORTV2… Será??

Anúncios

2 Responses to “Esportes: estreiante Brawn conquista dobradinha no GP Austrália”


  1. 1 MB
    1 de abril de 2009 às 23:06

    postei no lugar errado… as fonte esta maluca…

    Mercedes com Z e o fim da picada veio, sera que e paraguai?? e a BRABAM???
    INGRES num falo mas portugues eu AGARANTO

  2. 2 mazinhoalmeida
    3 de abril de 2009 às 14:30

    MB.

    Parece que não somos só nós que temos problemas com teclado, acentuação e concordância nominal.
    Pela forma com que postou seu comentário, postando em um outro tópico, depois usando “as fonte está maluca” e “e o fim da picada veio”… acho que você não agarante nem o português.

    Para seu conhecimento, meu caro, ERRAMOS sim a grafia da escuderia Mercedes-Benz.
    Porém, NÃO SE TRATA DE INGLÊS, mas sim, de ALEMÃO — país e idioma de origem da fábrica e da equipe da F1.

    Do ponto de vista do Português, tanto a forma Mercedes quanto Mercedez estão corretas.
    Porém, ao se tratar da equipe/montadora, o correto é “Mercedes-Benz”, com hífen, inlusive.

    Antes de criticar ou ser sarcástico conosco, aprenda ALEMÃO e aí sim, você terá condições de ser irônico ser cair no grotesco…

    Mas agradecemos o comentário e a audiência!
    Volte sempre

    [;)]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pessoas já leram MZN News:

  • 325,143 hits

SOS Nordeste

Categorias de Matérias

Quer procurar alguma coisa no Blog?

Digite no campo abaixo palavras chaves (tags) para encontrar nas matérias já publicadas

Arquivos

Expediente

Editor e Articulista:
Mazinho Almeida
Colaboradoras:
Fládima Christofari (Campo Grande -MS)
Helen Mariana (Curitiba-PR)
Cartas à Redação:
Para corresponder com nosso blog, além dos comentários, envie e-mail para o endereço mznnews.redacao@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: