12
maio
09

Cinema: “E se eu fosse você” seria um plágio?

Ooops... "e se eu fosse você"? Levaram a sério o título do filme!

Ooops... "e se eu fosse você"? Levaram a sério o título do filme!

Acho que por essa, nem o diretor Daniel Filho e a Globo Filmes esperavam… O filme brasileiro que registrou a maior bilheteria de todos os tempos — E se eu fosse você? — pode ser um PLÁGIO!

Como assim? Simples: estava assitindo o Cinema em Casa (SBT) e o filme exibido foi “Uma Santa Mudança” (A Saintly Switch, EUA, 1999).

Confesso que, ao ver os créditos iniciais do filme (era um filme Disney feito para TV) e curioso pelo fato do núcleo protagonista da película ser uma família de negros (eu ainda estava digerindo o episódio CQC, certo?), eu resolvi assistir.

Qual foi a minha surpresa, ao perceber que o enredo do filme da Disney é o seguinte:

“Anderson é um jogador de futebol americano, que se vê na iminência de se aposentar forçadamente do esporte aos 38 anos. Sua esposa Sara é uma devotada dona de casa, professora de artes… e excelente mãe de dois filhos.

Anderson é um pai ausente, um marido relapso e típico estereótipo do “machão americano”. Ao ser despedido do time em que jogava, consegue ser contratado por um time inexpressivo de Nova York, o que força a família a se mudar.

Chegando lá, eles acabam morando em uma casa antiga, cuja dona falecida, era uma feiticeira. Os filhos do casal descobrem um sótão secreto, onde funcionava a sala de feitiços da antiga moradora da casa. Cansados de verem seus pais brigarem tanto, eles fazem um feitiço para que um respeite ao outro.

Pai e mãe trocam de corpo: ela se vê uma jogadora de futebol americano, sem ter qualquer intimidade com o esporte; ele, se vê mãe, dono de casa e professora de artes em uma escola primária. Sucedem confusões e situações embaraçosas. No fim, eles “destrocam” de corpo, aprendendo a valorosa lição de saber se colocar no lugar do outro… e vivem felizes para sempre.

Soou parecido com o enredo de “E se eu fosse você?”. Sim. Para mim, pareceu MUITO. Ainda mais pelo fato de que o filme norte-americano foi produzido em 1999, enquanto o brasileiro, 2006 — ou seja, 8 anos depois.

Anúncios

1 Response to “Cinema: “E se eu fosse você” seria um plágio?”


  1. 1 CARLOS
    12 de outubro de 2015 às 13:45

    É pior que isso, tem um filme chamado feitiço do amor, que também tem a mesma história é mais antigo ainda. Ou seja, cinema nacional, franquia da Globo = LIXO TOTAL!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pessoas já leram MZN News:

  • 325,143 hits

SOS Nordeste

Categorias de Matérias

Quer procurar alguma coisa no Blog?

Digite no campo abaixo palavras chaves (tags) para encontrar nas matérias já publicadas

Arquivos

Expediente

Editor e Articulista:
Mazinho Almeida
Colaboradoras:
Fládima Christofari (Campo Grande -MS)
Helen Mariana (Curitiba-PR)
Cartas à Redação:
Para corresponder com nosso blog, além dos comentários, envie e-mail para o endereço mznnews.redacao@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: