12
maio
09

Televisão: Racismo no CQC?

Alguém pode explicar qual a intenção deles com essa brincadeira?

Alguém pode explicar qual a intenção deles com essa brincadeira?

Gostaria de começar este post citando o comentário feito pelo leitor Flábio, no texto “Racismo na Praça é Nossa”, em 23 de Janeiro:

É com piadas que o racismo se insinua e se perpetua, porque fica mais “aceitável”. Qualquer coisa, é só dizer: era só brincadeira.

O “CAPS” acima é de uma matéria do programa “CQC – Custe o Que Custar” veiculado ontem, 11.05.2009. A impressão que eu tive foi: “será que eles quiseram dizer que aquela senhora, idosa e negra, era tão negra… que era azul?“.

Se realmente a intenção foi essa… tremenda piada de mau-gosto. Desnecessária, preconceituosa e intolerante.

Duas vezes desrespeitosa! 1) Zoar com uma senhora idosa é o fim da picada… ou alguém gostaria que alguém zoasse sua avó?  2) Zoar com a “intensidade da negritude” da tez dela? Que isso… PRA QUE ISSO?

Não sei. Por mais que Marcelo Tás e equipe, declarem publicamente, que não há crise interna no programa… os últimos programas têm demonstrado o contrário. Pautas fracas, insossas. Pior: como a especialidade do CQC era zoar celebridades e políticos, com o veto da Cúpula da BAND, eles parecem “meios perdidos” nas suas brincadeiras.

Voltaram suas “metralhadoras” para ilustres anônimos, que não teriam condições de buscar a reparação da imagem… inclusive, judicialmente. Vejam vocês mesmos e me digam: será que só eu estou vendo coisa errada?

Post Scriptum:

[mzn] CQC - Bispado

Ham? Cuma?

P.S.¹: se quiserem assistir ao vídeo em Alta Resolução (HQ), acessem a Central de Video da BAND.

P.S.²: ainda teve outra piada de mau gosto que eu reparei enquanto assistia ao programa. Infelizmente, não anotei-a e acabei esquecendo… mas vou assitir o programa na ÍNTEGRA e postarei aqui depois.

P.S.³: aula de português, galera! Um Rei tem um… Reino! Um Príncipe tem um… Principado. Um Duque tem um… Ducado. Um Imperador tem um… Império.

E um Bispo o que teria? Pelo dicionário, o correto seria “Episcopado“.

Mas alguém no CQC — que provavelmente foi quem legendou a reportagem com “uma das mulheres do Lugo” — achou que era “Bispado“. Deve ter sido algum argentino da CuatroCabezas, né?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pessoas já leram MZN News:

  • 325,172 hits

SOS Nordeste

Categorias de Matérias

Quer procurar alguma coisa no Blog?

Digite no campo abaixo palavras chaves (tags) para encontrar nas matérias já publicadas

Arquivos

Expediente

Editor e Articulista:
Mazinho Almeida
Colaboradoras:
Fládima Christofari (Campo Grande -MS)
Helen Mariana (Curitiba-PR)
Cartas à Redação:
Para corresponder com nosso blog, além dos comentários, envie e-mail para o endereço mznnews.redacao@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: