31
maio
09

Cinema: Watchmen

Watchmen: ficção e realidade se misturam num thriller emocionante!

Watchmen: ficção e realidade se misturam num thriller emocionante!

Watchmen (2009) é um filme surpreendente. Para os aficcionados nos heróis da DC Comics, talvez não haja motivos para tanta surpresa: a película é a adptação para o cinema da Série de HQ que revolucionou a forma de se fazer histórias em quadrinhos.

O filme começa com o assassinato de um dos Watchmen: o herói atormentado “The Comedian” (O Comediante). Seguindo as pistas deixadas, “Roscharch” (O mascarado) desconfia que sua morte não foi suicídio ou latrocínio: foi um crime encomendado, motivado por uma conspiração. Afinal: os “Watchmen” — grupo de heróis aposentados — estavam correndo perigo de vida ou não?

A partir daí, a trama se desenvolve de forma surpreendente! O filme contém imagens fortes de violência e sexo, além de uma trama psicológica e alusões à fatos e contextos históricos, que talvez apenas quem tenha mais de 25 anos de idade, possa compreender a essência.

O pano de fundo da narrativa é a Guerra Fria e um possível cataclisma nuclear. O final é brutal e inesperado (para os que não conhecem a série de HQ); o que leva à seguinte questão: o fim justifica os meios? O sacrifício de poucos em detrimento da sobrevivência de muitos, é moralmente aceitável? Há limites para a inteligência e senso de moral humanas?

Assista e tire suas próprias conclusões! Você certamente não será a mesma pessoa depois de assisti-lo…

O filme

O site oficial é uma atração a parte: tem de fotos em HD, informações sobre trilha sonora — responsável, em boa parte, pela atmosfera decadente, obscura e reflexiva — chegando até mesmo, a disponilizar scripts (roteiros) escritos anos antes e que foram descartados pela Warner Bross.

Para saber mais sobre as personagens e o enredo, o verbete na Wikipedia sobre a série/filme é bem explicativa e abrangente.

A trilha sonora (como frisei antes) é responsável pela atmosfera dark e cult: confesso que ao ouvir “Unforgettable” (Nat King Cole), “The sound of a silence” (Paul Simon & Art Gurfunkel) e “The Times They Are A-Changin’…” (Bob Dylan… apesar de eu preferir a versão do grupo Blackmore’s Night), como pano de fundo da sequência de imagens, realmente causa arrepios — de medo à excitação.

Seguramente, tanto a trilha sonora quanto o enredo, fotografia, caracterização e efeitos especiais de Watchmen são revolucionários. Oscar 2010 já tem um franco favorito; e por enquanto, merecidamente, o melhor!

Anúncios

0 Responses to “Cinema: Watchmen”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Pessoas já leram MZN News:

  • 325,143 hits

SOS Nordeste

Categorias de Matérias

Quer procurar alguma coisa no Blog?

Digite no campo abaixo palavras chaves (tags) para encontrar nas matérias já publicadas

Arquivos

Expediente

Editor e Articulista:
Mazinho Almeida
Colaboradoras:
Fládima Christofari (Campo Grande -MS)
Helen Mariana (Curitiba-PR)
Cartas à Redação:
Para corresponder com nosso blog, além dos comentários, envie e-mail para o endereço mznnews.redacao@gmail.com

%d blogueiros gostam disto: