Posts Tagged ‘cqc

12
maio
09

Televisão: Racismo no CQC?

Alguém pode explicar qual a intenção deles com essa brincadeira?

Alguém pode explicar qual a intenção deles com essa brincadeira?

Gostaria de começar este post citando o comentário feito pelo leitor Flábio, no texto “Racismo na Praça é Nossa”, em 23 de Janeiro:

É com piadas que o racismo se insinua e se perpetua, porque fica mais “aceitável”. Qualquer coisa, é só dizer: era só brincadeira.

O “CAPS” acima é de uma matéria do programa “CQC – Custe o Que Custar” veiculado ontem, 11.05.2009. A impressão que eu tive foi: “será que eles quiseram dizer que aquela senhora, idosa e negra, era tão negra… que era azul?“. Continue lendo ‘Televisão: Racismo no CQC?’

10
maio
09

Televisão – CQC mostra César Maia, dedo em riste!

Será que só o MZN News percebeu?

Será que só o MZN News percebeu?

Sábado de madrugada. Fim de filme na Globo. Mudo de canal: está passando a reprise do CQC. Matéria: “Palavras Cruzadas”. Convidados da semana: César Maia (DEM/RJ) e Paulo Maluf (PP/SP). Pergunta: “– Qual o melhor presidente que o Brasil já teve?”. Maluf responde: “Juscelino Kubitschek de Oliveira”. César Maia: “– Getúlio Vargas…”. Pausa aqui.

Ao se referir à Getúlio Vargas, César Maia diz que houveram “três Getúlios” — uma alusão aos seus três mandatos — gesticulando com a mão, a quantidade falada. Mas dos “três”, ele (César Maia) “fica com o 2º”. Recolhe os outros dedos… e mostra seu dedo médio, em riste!

Corri pra internet e olhei no site do CQC. Fiz a CAPtura do video e a montagem. Realmente: eu não tinha me enganado. César Maia mostrou seu dedo do meio — num gesto, que em outra situação, seria considerado obsceno ou agressivo. Mas naquele contexto, foi apenas um pequeno detalhe, que passou despercebido.

A pergunta: será que só eu reparei ISSO?

28
abr
09

Televisão: Custe o que Custar… será?

mzn-cqcO programa CQC – Custe o que Custar, da Band, começa a sofrer as consequências pela escolha da linha editorial: um jornalismo humorístico, com pitadas de sarcasmo e saias-justas.

Apesar do CQC ter sido — sem sombras de dúvidas — um dos melhores programas da TV aberta em 2008, ele não escapou incólume à “pressão”, principalmente, política.

O jornalista Flávio Rico, em seu blog adiantou os rumores que já circulavam nos bastidores do jornalismo. O apresentador e jornalista Marcelo Tás, teria sido chamado à uma “reunião” com a alta cúpula da emissora. Leia-se: o todo-poderoso Johnny Saad e a executiva Elisabetta Zenatti.

Oficialmente, a desculpa apresentada à imprensa para a “lei da mordaça” imposta ao CQC, foi a tentativa de “evitar processos judiciais” contra a emissora. Continue lendo ‘Televisão: Custe o que Custar… será?’




Pessoas já leram MZN News:

  • 324,384 hits

SOS Nordeste

Categorias de Matérias

Quer procurar alguma coisa no Blog?

Digite no campo abaixo palavras chaves (tags) para encontrar nas matérias já publicadas

Arquivos

Expediente

Editor e Articulista:
Mazinho Almeida
Colaboradoras:
Fládima Christofari (Campo Grande -MS)
Helen Mariana (Curitiba-PR)
Cartas à Redação:
Para corresponder com nosso blog, além dos comentários, envie e-mail para o endereço mznnews.redacao@gmail.com